#ZPDailyReview: Get Dead – Dancing With The Curse

Gosta do trabalho do ZonaPunk?
Então se torne um apoiador e ajude-nos a manter o site ativo: https://apoia.se/zonapunk

Todo dia um review rápido, uma indicação do que ouvir e o caminho das pedras:

Get Dead – Dancing With The Curse (2020)

O Get Dead se reinventou neste novo álbum. Você não conhece o trabalho anterior da banda? Tudo bem, dá pra começar por aqui numa boa.
Outrora muito mais ligados a um som acústico ou low profile, aqui os caras pegam firme na distorção e cravam 12 faixas que dialogam com o punk rock e flertam com passagens ska punk a lá Operation Ivy.
Em seus discos anteriores uma preocupação da banda sempre foi seu conteúdo, e aqui isso continua, com temas fortes e letras contundentes, tanto no lado político quanto cotidiano. Em “Confrontation”, por exemplo, a banda não mede palavras e crava: “FUCK the left / FUCK the right / FUCK the conservatives controlling the kids / FUCK them liberals that take it all so literal / Mass manipulation“. Por aí dá pra sentir o clima da coisa. E essa faixa vem logo depois de “Glitch”, um dos melhores momentos do disco, composição melancólica – no som e na letra, que no remete bastante aos momentos unplugged do passado do grupo.
“Green’s Girl” é outro destaque, onde a banda mostra sua capacidade de criar ótimos refrões e melodias – caso se importasse verdadeiramente com isso. Grande música, que na segunda ouvida já te leva a cantar junto: “We know we know we know / We won’t show our faces / Around here anymore / You need sleep / We keyed up / You look defeated / We look like we / Belong on your floor“. Muito legal.
“Dancing With The Curse” não é um disco de sonoridade óbvia, trabalha em diversos caminhos interessantes (dentro do universo proposto, claro). Uma grata surpresa do catálogo da Fat Wreck Chords, uma banda a ser descoberta por estes lados.
Lançado em CD, LP e digital, inclusive no Bandcamp.