#ZPDailyReview: The Replacements – Pleased To Meet Me [Deluxe Edition]

Gosta do trabalho do ZonaPunk?
Então se torne um apoiador e ajude-nos a manter o site ativo: https://apoia.se/zonapunk

Todo dia um review rápido, uma indicação do que ouvir e o caminho das pedras:

The Replacements – Pleased To Meet Me [Deluxe Edition] (2020)

Mais uma daquelas edições caprichadas da Rhino, que normalmente conseguem o status de ‘edição definitiva’.
“Pleased To Meet Me” é um dos clássicos do Replacements, influente conjunto oitentista que neste álbum de 1987 estava em sua fase power-trio, sem o guitarrista Bob Stinson. Nesta edição em cd triplo, mais da metade do material é inédito, sejam ele demos, mixes diferentes ou outtakes.
No cd 1, o pacote começa com o álbum original remasterizado acrescido de algumas bônus tracks já conhecidas. Já no segundo disco temos 15 faixas em versão demo, incluindo algumas delas com o supracitado Bob Stinson, registradas em 1986, antes de sua saída do conjunto. E no terceiro, mixagens diferentes das faixas, e outtakes, músicas gravadas em estúdio em 1987 e inéditas até então. Faixas raras também dão as caras, como “Beer For Breakfast” e “I Don’t Know” que só foram sair oficialmente na coletânea “All For Nothing/Nothing For All” de 1997.
Muito além do hit “Alex Chilton”, “Pleased To Meet Me” é um disco a ser explorado e redescoberto. A força das composições de Paul Westerberg e Tommy Stinson ecoam até hoje em gente como Billie Joe Armstrong, por exemplo. E aqui dá pra se ter uma bela ideia do porquê.
A versão deluxe deste disco saiu em CD e bundles que contém LP e K7, além de sua versão digital.