#ZPDailyReview: Dropdead – Dropdread 2020

Gosta do trabalho do ZonaPunk?
Então se torne um apoiador e ajude-nos a manter o site ativo: https://apoia.se/zonapunk

Todo dia um review rápido, uma indicação do que ouvir e o caminho das pedras:

Dropdead – Dropdead 2020 (2020)

Prestes a completar 30 anos de carreira, os americanos do Dropdead chegam a seu terceiro disco full-length, o primeiro em 22 anos – lembrando que eles tem uma porção de Eps e splits entre estes álbuns completos.
Menos barulhento que no álbum de 1998 – que inclusive foi lançado no Brasil pela Pecúlio Discos – o grupo aqui soa ainda mais agressivo. O vocais mais limpos além de dar protagonismo às letras das músicas, coloca ainda mais evidência ao instrumental veloz e brutal.
Versando sobre as mazelas do mundo em 2020, o conjunto continua seguindo a regra de evitar que as canções ultrapassem o limite de um minuto de duração, entregando assim 23 músicas em 24 minutos de som, falando sobre a popularização de uma ideia de extrema direita, sobre o abuso animal e tantos outros temas pertinentes.
Power-Violence, hardcore, d-beat, grind.. tem um monte de sub-gêneros que cabem para designar o Dropdead, mas o que você precisa saber é: música punk, agressiva e política. Tudo direto ao ponto, como este review.
Lançamento em LP e digital, inclusive Bandcamp.