Cat Vids lança seu novo disco, “Radicalíssimo”

O pontapé inicial para o lançamento de Radicalíssimo (Schwreables Records) foi a minissérie Como Gravar Um Álbum de Sucesso, lançada no primeiro semestre, que estreou junto com o primeiro single do disco, Dress Code. Depois de cinco episódios, ela chegou ao fim e foi quando a banda Cat Vids revelou a segunda faixa: Cingarro. Neste embalo, veio Já Chorei, no início de Agosto, e agora, Pedro Spadoni (voz e guitarra), Paulo Senoni (guitarra), Aecio de Souza (bateria) e Tiago França (baixo), lançam o disco com nove faixas, que conta com participações especiais de dois grandes amigos da banda: Bruna, da banda BRVNKS e Chrisley. Ouça aqui e assista ao álbum visual aqui.

Sucessor de Radical (2017), o novo álbum se trata de uma espécie de evolução do primeiro trabalho. As composições de Radicalíssimo são em português, na sua maioria, o que “dá mais  personalidade para o projeto como um todo”, comenta Pedro. Além disso, há maior elaboração de arranjos, já que, desta vez, toda a banda colaborou com as composições, diferente do disco de estreia, que foi assinado pelo guitarrista Pedro. Inclusive, é importante ressaltar que nesse disco, a Cat Vids deixa de ser um projeto solo, levando o que já acontecia nos palcos para a produção musical. “Apesar de manter a essência estética de Radical, há mais variação de timbres, utilização de synths e arranjos em geral. Isso se deve tanto ao fato de as músicas já estarem sendo tocadas ao vivo há um tempo, como ao direcionamento de produção de pensar cada faixa individualmente, buscando timbres, efeitos e mexendo até nas peças de bateria faixa a faixa”, conta Pedro.

A gravação aconteceu no Estúdio Aurora em São Paulo num período de oito dias – foi quando os integrantes conviveram com a produtora Alejandra Luciani: “A participação da Alejandra foi essencial também para ajudar a viabilizar as ideias sonoras que tivémos para cada música. Ela acabou co-produzindo o disco com a gente, indo além de ser técnica de som. O Paulinho cuida da mix desde o Radical, e fomos bem detalhistas na mix do disco, fazendo diversas reuniões “mão-na-massa” presenciais e até gravando complementos pro arranjo na casa dele em cima das novas versões das mixes”, relembra o vocalista.

Ouça o disco aqui.