Mais de 60 filmes gratuitos e online no 5º Santos Film Fest – Festival Internacional de Cinema de Santos

Gosta do trabalho do ZonaPunk?
Então se torne um apoiador e ajude-nos a manter o site ativo: https://apoia.se/zonapunk

Santos Film Fest – Festival Internacional de Cinema de Santos, maior evento do gênero no litoral paulista tendo em vista os problemas causados pela pandemia e após conversa com os realizadores que inscreveram filmes este ano, decidiu realizar sua quinta edição de maneira totalmente online. O festival ocorrerá de 29 de setembro a 6 de outubro. A maioria dos filmes será disponibilizada gratuitamente na plataforma www.videocamp.com. Alguns filmes poderão ser conferidos no canal do festival: https://www.youtube.com/channel/UCRthAvul62ZRzaoGgA9DGbw. Serão mais de 60 produções exibidas, entre curtas e longas-metragens, inéditos e de mostras retrospectivas.

Inicialmente, o festival celebraria os 25 anos da Retomada do Cinema Brasileiro. Mas com o desmonte da cultura e, consequentemente, do cinema, e a paralização de grande parte da produção audiovisual do país em virtude da pandemia, o tema passa a ser “De Retomada à Retomada: Resistiremos!”. “São épocas parecidas. No início dos anos 1990, com o fechamento da Embrafilme, o cinema brasileiro praticamente não produziu. E depois voltou fortalecido. Agora, vivemos um período que remete àqueles tempos”, detalha Paula Azenha, codiretora do SFF. “O cinema brasileiro e, a arte do país em geral, sempre perseveram e superam as dificuldades”, diz.

“As inscrições aconteceram de janeiro a abril e recebemos centenas de filmes, de todas as partes do Brasil e até do exterior e realizarmos o festival de maneira online foi a forma de podermos exibir as obras selecionadas. Mesmo com a reabertura dos cinemas, seria difícil encontrarmos espaço nas programações já que as redes exibidoras precisarão funcionar em horário reduzido”, explica um dos organizadores do SFF, André Azenha. “Vale salientar que consideramos a sala de exibição, o cinema, como o Cine Roxy que tem sido nossa casa, o lugar ideal para exibir filmes e que este ano temos uma exceção devido à situação do planeta”, ressalta o produtor.

HOMENAGEADOS

Em virtude disso, uma das produções clássicas exibidas será “Lamarca”, filme de 1994 dirigido por Sergio Rezende e estrelado por Paulo Betti. “Sabíamos que, naquele momento, éramos a única equipe filmando no Brasil”, relembra Paulo. Tanto Paulo quanto Sergio receberão homenagens do festival.

Paulo receberá o Troféu Luciano Quirino. De sua carreira cinematográfica, além de “Lamarca” (1994), serão exibidos “Cafundó” (2005), dirigido por Paulo e Clóvis Bueno, e “A Fera na Selva” (2017), estrelado e dirigido por Paulo ao lado de Eliane Giardini e Lauro Escorel. Este último filme foi um dos destaques na edição de 2018 do Santos Film Fest. Cada um dos três longas terá uma sessão, cujas data e horário serão anunciadas nos próximos dias.

Sergio Rezende será homenageado por sua trajetória como diretor e por sua contribuição ao cinema nacional. Ambos participarão de lives no dia da abertura, 29 de setembro, bem como a diretora e atriz Julia Katharine, que receberá o Troféu Ondina Clais.

“Paulo tem uma longa carreira e uma ligação especial com Santos, trabalhou junto de grandes artistas do município. Sergio filmou biografias de nomes importantes da nossa história, E Julia é das cineastas e artistas de cinema de mais destaque da nova geração. Assim celebramos profissionais de destaque de diferentes épocas”, ressalta André.

Julia KatharIne a primeira mulher transexual com um filme lançado em circuito comercial, com seu trabalho em “Tea For Two”. O curta conta a história de Silvia, uma cineasta que passa por um momento de crise e é surpreendida pela ex-esposa, Isabel. Além do roteiro e direção, Julia atua na obra como a personagem Isabela.  “Lembro Mais dos Corvos” é o longa que estrelou e roteirizou em parceria com o diretor Gustavo Vinagre. Por sua atuação no filme, a atriz recebeu na Mostra de Tiradentes de 2018 o troféu Helena Ignez, que é dedicado a mulheres atuantes em quaisquer funções criativas. O filme recebeu o Prêmio Humanitário no 4º Santos Film Fest – Festival Internacional de Cinema de Santos, em 2019. Julia esteve presente no festival para sessão dupla das duas produções. Ambos os trabalhos serão exibidos na programação.

Dia 29 de setembro, uma terça-feira, depois das 19h, nas redes sociais do evento, a abertura será uma superlive com as presenças dos três homenageados mais os atores Luciano Quirino e Ondina Clais, respectivamente padrinho e madrinha do festival.

MOSTRAS

Mostra competitiva nacional

A mostra competitiva nacional contará com 10 curtas-metragens e 10 longas-metragens. As sessões ocorrerão na Plataforma Videocamp (www.videocamp.com). Os curtas ficarão disponíveis em tempo integral, durante todos os dias do festival. Já os longas terão duas exibições cada um, sempre às 19h e às 21h, com reprisas no dia seguinte, respectivamente às 13h e às 15h. O júri que definirá os melhores filmes e direções é composto pelo professor Wanderley Camargo (coordenador dos cursos de Publicidade e Cinema da UniSantos), o Professor Doutor Jamer Guterres de Mello (da Pós-Graduação da Universidade Anhembi Morumbi), e a diretora e atriz Julia Katharine.

Mostra competitiva regional

Pela primeira vez o Santos Film Fest terá uma mostra voltada especialmente à produção audiovisual da Baixada Santista. A opção se deu ao bom número de filmes inscritos. Serão exibidos seis curtas-metragens. Os jurados que definirão o melhor filme e o melhor trabalho de direção é formado pelo cineasta e ator Eduardo Ferreira, pelo professor e crítico de cinema Eduardo Cavalcanti e pela produtora e atriz Liz Reis.

A DIVULGAÇÃO DOS FILMES SELECIONADOS PARA A COMPETIÇÃO ACONTECERÁ NUMA LIVE NO DIA 14 DE SETEMBRO, UMA SEGUNDA-FEIRA, 19H30, NO FACEBOOK DO SANTOS FILM FEST.

Mostra Humanidades

Conforma acontece desde a segunda edição, o festival apresentará filmes com enfoque em questões de cidadania e inclusão, com temas que vão da diversidade, representatividade, com produções do Brasil e do exterior que abordam temas LGBTQIA+, cultura negra, cultura indígena, manifestações populares, educação, etc. A programação será divulgada em breve e esses filmes ficarão disponíveis todos os dias do evento.

RETROSPECTIVAS

Cineastas que tem se destacado em cenários regional e nacional receberão mostras retrospectivas nesta quinta edição.

Angela Zoé

Angela Zoé, fundadora da Documenta Filmes, receberá uma retrospectiva do Santos Film Fest – Festival Internacional de Cinema de Santos. Serão exibidos os longas “Meu Nome é Jacque” (2016), sobre a mulher trans e militante pelos Direitos Humanos e ativista a favor da causa das pessoas que vivem com HIV e Aids, “Henfil” (2017), sobre vida e obra do cartunista, e os curtas “Ele Era Assim: Ary Barroso” (2019) e “Betinho: A Esperança Equilibrista”, que ela produziu. Angela levou o prêmio da crítica de melhor longa na penúltima edição do festival, por “Henfil” e recebeu o troféu Ondina Clais ano passado. Outras informações: https://santosfilmfest.com/2020/09/05/premiada-diretora-angela-zoe-recebe-retrospectiva-no-santos-film-fest-2020/.

Elder Fraga

Elder já dirigiu dois longas-metragens – um inédito para 2020 – o documentário O Artista e a Força do Pensamento, sobre a vida e obra do dançarino Marcos Abranches – e sete curtas-metragens acumulando na sua curta carreira 41 prêmios e 24 indicações, 4 prêmios no teatro, e 2 prêmios como personalidade da arte em 2018.

Seus filmes já passaram por mais de 23 países, sendo duas vezes pelo Festival de Cannes, em 2014 com o curta Os Bons Parceiros, baseado na obra do dramaturgo Plínio Marcos e, em 2015, com Nóia um dia no limite, sobre uma usuária de cocaína interpretada pela atriz Patrícia Vilela, que recebeu o prêmio de melhor atriz em Los Angeles no The World Cinema Festival.

O diretor ganhou prêmios em Nova York no The Peoples Film Festival e 49th Annual WorldFest-Houston. Dirigiu o videoclipe As armas que matam, do maior grupo de rap do Brasil, o RZO, e ganhou melhor videoclipe no 9º Fest Clip. Serão exibidos 10 filmes do diretor, sendo um longa, “SP: Crônicas de Uma Cidade Real”, que reúne cinco histórias sobre a capital, e nove curtas, dois feitos durante a pandemia. Outras informações: https://santosfilmfest.com/2020/08/29/premiado-cineasta-elder-fraga-ganha-mostra-retrospectiva-no-5o-santos-film-fest/.

Wladimyr Cruz

O santista Wladimy Cruz, jornalista de música e fundador do site Zona Punk, é um nome bem conhecido no meio do Rock. E em sua carreira como cineasta tem homenageado grandes ícones da música pesada em longas documentais. A retrospectiva do diretor contará com os curtas “Dia de Feira” (2018), sobre a feira de cães, o suspense e terror ficcional “Shatan” (2019), além dos longas “Headbanger Voice – A História da Rock Brigade”, documentário da pioneira revista sobre heavy metal que teve sua avant-première no Santos Film Fest de 2017, e “Califórnia Brasileira”, dirigido ao lado de Rodiney Assunção e sobre a cena punk e hardcore de Santos nos anos 1990. Outras informações: https://santosfilmfest.com/2020/09/06/wladimyr-cruz-grande-nome-na-cobertura-do-rock-independente-ganha-retrospectiva-no-santos-film-fest/.

Carlos Oliveira

Cineasta, produtor audiovisual e produtor cultural. Estudou cinema e vídeo no SENAC e nas Oficinas Culturais do Estado de SP. Iniciou em 1995, como fotógrafo e videomaker de eventos sociais. Na televisão, foi iluminador e operador de câmera em canal comunitário, e coprodutor do programa “Show de Oportunidades” (Band Vale Litoral, 2003). Trabalhou na Phanton Filmes como roteirista, cinegrafista, editor e finalizador. Foi professor do curso de cinema do Centro Europeu Santos. Dirigiu e produziu quatro curtas, entre eles: “Os Canais de Saturnino” (2010, documentário), sobre a história dos canais de Santos, e “Como é bom ser bom” (2017, docudrama), sobre um caso de caridade praticada pelo médico e poeta santista Martins Fontes. Estes dois filmes serão disponibilizados todos os dias do festival.

Filmes das edições anteriores

Também serão exibidos filmes que foram premiados nas edições anteriores do festival como “O Coringa do Cinema” (Prêmios do júri e do público no 4º Santos Film fest), de Sergio Kieling, documentário de longa-metragem baseado no livro de Matheus Trunk sobre os 50 anos de carreira de Virgílio Roveda, que trabalhou em todas as funções possíveis na cadeia de produção cinematográfica em dezenas de obras,  “A Mais Briosa: Um Amor 100 Divisão”, de Guilherme Bernardo (prêmio do público no terceiro Santos Fiklm Fest), sobre os 100 anos do time de futebol santista, e “Receita Para a Felicidade: O Homem, o Cão e o Salto” (filme de abertura do 1º Santos Film Fest), de Delson Matos Gomes, documentário de longa-metragem sobre o trabalho voluntário em hospitais. Já o média-metragem “Serena –  Força, Graça e Luz”, Robinson Patricio, é sobre as mulheres o surf. Estes três últimos são diretores da Baixada Santista. “É fundamental termos longas e médias produzidos por realizadores da região, o que mostra o desenvolvimento do segmento nos últimos anos”, diz André.  “Mesmo num ano de dificuldades conseguimos manter o nível de programação e um tamanho interessante para ofertar ao público. Se por um lado perdemos o contato presencial e o estímulo ao turismo local, por outro, pessoas de qualquer parte do país poderão ter acesso aos filmes e parte formativa”, ressalta o diretor do evento.

.

PROGRAMAÇÃO FORMATIVA

Palestras e workshops

O 5º Santos Film Fest contará com palestras e workshops que serão disponibilizados nas redes sociais do festival e algumas ações serão em parceria com o Sesc Santos, acontecendo nas plataformas da entidade.

Bate-papos com realizadores dos filmes selecionados das mostras competitivas
Definição após confirmação dos classificados.
Idade Mínima: Livre
Ao vivo – aberto ao público
Dias: 01/02/03/04/05/06 de outubro
Das 10h às 12h

A arte da atuação, com Ondina Clais e Luciano Quirino
Idade Mínima: Livre
Ao vivo aberto ao público
Dia: 30/09
Horário: 13h às 15h

A história da Retomada do Cinema Brasileiro, com o crítico Waldemar Lopes
Apalestra é sobre a retomada do cinema nacional nos meados dos anos 90. Serão comentados os filmes daquela época e sua importância nesse momento histórico, como “Carlota Joaquina – Princesa do Brazil”, “Tieta do Agreste”, “Lamarca” e “Central do Brasil”Idade Mínima: LivreAo vivo aberto ao público;Dia: 03/10Horário: 15h às 18h

Workshops

Todas serão via zoom. Inscrições antecipadas. Em breve serão divulgados os links das inscrições gratuitas. Acompanhe www.santosfilmfest.com.

Criação e pesquisa para documentários, com Angela Zoé, Rita Marques, e Marcos Souza.
Workshop falará do processo de criação de um documentário, seus elementos principais de pesquisa e posterior licenciamento dos conteúdos para uso na produção.Idade Mínima: 16 anosNão é necessidade de conhecimento prévioNão é necessário Material/Equipamento para participação20 vagasDia: 04/10Horário: 15h às 18h

O documentário como Expressão, com Andrea Pasquini
Nunca tantas imagens foram produzidas e compartilhadas como hoje. Uma simples câmera num telefone celular se tornou uma poderosa ferramenta de registro audiovisual. O objetivo do workshop é introduzir o participante ao documentário e convidá-lo a olhar sua produção audiovisual como expressão subjetiva, como um instrumento de expressão de ideias, sedimentação de memórias e canal de comunicação, além de compreender o cotidiano e a cidade/espaço geográfico como fonte de temas/assuntos para a criação de narrativas documentais.
Idade Mínima: 16 Anos
Não é necessidade de conhecimento prévio
Não é necessário Material/Equipamento para participação
20 vagas
Dia: 05/10
Data: 15h às 18h

Direção de Arte no Cinema Brasileiro – Antes, Hoje e.., com Audrey Duarte
O aluno aprenderá sobre o papel da Direção de Arte no cinema, as fases de produção, a equipe de arte. Depois, as matérias da Direção de Arte (Cenografia, Figurino, Maquiagem, Efeitos Especiais). Por fim, falaremos sobre o que é o Diretor de Arte. Como parte prática, o aluno reproduzirá um cenário conforme tema a ser conversado e explicado somente durante a Oficina (tema surpresa).Idade Mínima: 18 AnosNão é necessidade de conhecimento prévioMaterial/Equipamento para participação: papel sulfite, tesoura, cola, revistas de moda e decoração.20 vagasDia: 30 de setembroHorário: 15h às 18h

Marketing do Audiovisual, com Audrey Duarte
O aluno aprenderá sobre as questões mercadológicas que envolvem um produto audiovisual e também técnicas que permitem a análise de mercado e o planejamento estratégico para que o produto audiovisual seja posicionado e conhecido pelo público-alvo, dando a ele a condição de lançamento e sustentação conforme os objetivos de quem o criou/produziu.
Mínima: 18 Anos
Não é necessidade de conhecimento prévio
Material/Equipamento para participação: papel sulfite, caneta e calculadora (cálculos simples – pode ser até a calculadora do aparelho celular.
20 vagas
Dia: 06 de outubro
Horário: 15h às 18h

Introdução à trilha musical e sonora de filmes em casa, com Mario Tirolli e Jota Amaral
O som e a música fazem parte e contribuem para cada cena de um filme, ajudando a desenvolver a narrativa e/ou ampliando a narrativa interior de um personagem. E compreender sua importância na produção audiovisual é fundamental para a realização de um bom trabalho. Através de aulas teóricas explicativas ao vivo, exercícios práticos e discussões ao vivo com os professores por videoconferência, o participante apreenderá sobre a teoria de base da trilha musical e trilha sonora. Ao final, em uma atividade prática, será criada a trilha e musical para a cena de um filme.
Mínima: 16 Anos
Não é necessidade de conhecimento prévio
Não é necessário material/Equipamento para participação.
8 horas
20 vagas
Dias: 01 e 02 de outubro
Horários: 14h às 18h

Sobre o Santos Film Fest

Santos Film Fest – Festival Internacional de Cinema de Santos é organizado pelo CineZen Cultural, coordenado por André Azenha e Paula Azenha, tem parceria da Prefeitura Municipal de Santos (através da Secult com emendas parlamentares enviadas pelos vereadores Zequinha Teixeira, Audrey Kleys, Adilson Junior, Telma de Souza e Antonio Carlos Banha Joaquim), e apoios da Videocamp, Sesc Santos, UniSantos, Associação dos Artistas e Histórias do Cinema. Outras informações em www.santosfilmfest.comwww.facebook.com/santosfilmfestwww.instagram.com/santosfilmfest e no canal https://www.youtube.com/channel/UCRthAvul62ZRzaoGgA9DGbw