Fantastic Negrito lança novo álbum de estúdio, “Have You Lost Your Mind Yet?”

foto por Ariel Naiva

Gosta do trabalho do ZonaPunk?
Então se torne um apoiador e ajude-nos a manter o site ativo: https://apoia.se/zonapunk

O vencedor de dois GRAMMY®, Fantastic Negrito, lançou seu novo álbum Have You Lost Your Mind Yet? hoje via Cooking Vinyl e Blackball Universe, do próprio artista. Ouça AQUI. Além do lançamento de seu terceiro LP, Fantastic Negrito está comemorando sua participação na Rock & Roll Hall of Fame’s Social Justice Exhibit. A guitarra Gibson que ele tocou no vídeo de “In The Pines” está atualmente em exibição ao lado de outros pioneiros musicais que defendem a causa da igualdade.
 
Have You Lost Your Mind Yet? marca o trabalho de maior alcance do Fantastic Negrito até agora, fundindo elementos de hip-hop, R&B, funk, soul e rock’n1roll em uma síntese incendiária própria. Inspirado e remanescente dos álbuns sociopolíticos vindos da América negra no final dos anos 60 e 70, o álbum vê Negrito explorando a luta e as complexidades dos problemas de saúde mental, enquanto continua seu exame lírico de longa data dos crescentes problemas sociais e políticos da América.

 Ouça Have You Lost Your Mind Yet?
Assista Have You Lost Your Mind Yet?
Assista  “I’m So Happy I Cry”
Assista “How Long?”
Assista “Chocolate Samurai” no The Late Show With Stephen Colbert 

Embora conhecido em todo o mundo como um talentoso bluesman, Negrito mostra sua extraordinária versatilidade musical em faixas como “How Long” e a amplamente inventiva “Searching for Captain Save a Hoe (Feat. E-40)”, uma reinvenção moderna instigante do clássico do lendário rapper de Bay Area, em 1993, “Captain Save A Hoe”. Outros destaques incluem “I’m So Happy I Cry”, com vocais poderosos de Tarriona “Tank” Ball do Tank de Nova Orleans e Bangas – um momento histórico marcando a primeira gravação colaborativa de dois vencedores anteriores do influente Concurso Tiny Desk da NPR. Tão urgente, desesperado e volátil quanto os tempos em que vivemos, Have You Lost Your Mind Yet? mais do que afirma Fantastic Negrito como um dos artistas mais vitais e provocantes da música americana, não importa o gênero, desta ou de qualquer época.
 
Nos dois primeiros álbuns, escrevi sobre tópicos amplos“, diz Fantastic Negrito. “A proliferação de violência armada, gentrificação e falta de moradia, empresas farmacêuticas que atacam o povo. Neste álbum, eu queria escrever sobre pessoas que eu conhecia, pessoas com quem cresci, pessoas cujas vidas eu poderia afetar pessoalmente e cujas vidas me impactaram. Foi o álbum mais difícil que eu já escrevi.
 
O que eu quero dizer para essas pessoas e para o mundo? Se eu tivesse a chance, diria a eles a dor que estão sentindo, a escuridão pela qual passam é temporária – especialmente se você considerar o tempo de uma vida humana. Eu diria a eles que não podemos combater esses obstáculos sozinhos. Nós precisamos um do outro. Fique offline. Falar com pessoas. Eu diria a eles que estou aqui por você. Não podemos nos esconder da dor. Precisamos olhar direito para isso. Realmente olhar nos olhos de alguém é sentir seu poder e sua vulnerabilidade, sentir a humanidade e sentir o amor.