Cervical lança single sobre o conceito de violência simbólica

Gosta do trabalho do ZonaPunk?
Então se torne um apoiador e ajude-nos a manter o site ativo: https://apoia.se/zonapunk

Uma das maiores referências do hardcore/metal brasileiro, o Cervical, apresenta uma proposta de sonoridade mais pesada e agressiva que as bandas do gênero, navegando entre hardcore, metal e crossover.

Suas músicas refletem a atitude e estilo de vida da banda, visando sempre manter como base, valores como o respeito e amizade, buscando difundir uma melhor consciência da vida, do nosso dia a dia e de nós mesmos.

Formada por Pascoal Mello (Vocal), Bruno Gomes (Guitarra), Júnior Nascimento (Bateria) e Moises Lima (Baixo), a banda acaba de lançar o single “Fábrica” em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records.

O single “Fábrica” fala sobre o conceito de violência simbólica, essa violência que se dá justamente pela falta de equivalência de capitais econômico, social, cultural entre as pessoas ou instituições, vindo da propagação de ideias e moldes estabelecidos na maioria das vezes pelas camadas dominantes (ou de maior influência ou maior capital econômico) para as camadas minoritárias, a fim de que um padrão social se mantenha. Assim como uma Fábrica, que produz milhares e milhares de produtos iguais de acordo com o consumo estabelecido pelo mercado, a violência simbólica faz o mesmo com as pessoas, produzindo pensamentos, comportamentos, culturas de uma forma pre-estabelecida para que a sociedade permaneça do mesmo jeito, nas mãos das mesmas pessoas.

Confira o single “Fábrica”:

Quer mais notícias como esta? Cadastre-se em nossa newsletter aqui.