Radical Karma lança segundo EP, Sintomas, e vídeoclipe de nova música

Gosta do trabalho do ZonaPunk?
Então se torne um apoiador e ajude-nos a manter o site ativo: https://apoia.se/zonapunk

Sintomas, o sucessor do elogiado Entre o Fim e o Começo, já está nas principais plataformas de streaming via Flecha Discos e Onerpm. Neste novo EP, o Radical Karma apresenta quatro músicas que mostram o amadurecimento dos experimentes músicos como banda. Está um pouco mais pesado, um pouco mais torto e um pouco mais complexo. Ouça aqui: https://album.link/2BNS4S5fz7hDX.

Sintomas foi composto imediatamente após o primeiro. Para este EP, a banda conta que o processo foi muito mais rápido no que tange à composição. “Entendo que a banda já tinha encontrado uma identidade sonora (que obviamente pode mudar de direção com o tempo) e isso tornou tudo mais fácil”, destaca Mateus Brandão, o guitarrista.

As faixas do EP são ‘Fez’, ‘E se fosse com você?’, ‘Flipando’ e o single ‘Em Colapso’. São músicas que sugerem um diálogo claro e honesto com o ouvinte, abordando questões rotineiros como ansiedade urbana, relacionamentos, cobranças, desejos, frustrações e pequenas conquistas diárias.

Assim como no primeiro, o material tem arranjos colaborativos de Cyro (menores atos) e do Phill (Cpm-22), este que também assina a produção do EP. A artista gráfica Camila Rosa é outra parceira importante em Sintomas: como em Entre o Fim e o Começo, assina todo o conceito gráfico deste segundo ato da Radical Karma.

A verve noventista de Gabriel Zander (vocal), Fausto Oi (baixo), Mateus Brandão (guitarra) e Fernando Martins (bateria) dá a tônica em Sintomas. Tem riffs e levadas que remetem ao grunge, emo e indie rock dos anos 90. Enfim, um registro altamente recomendado para fanáticos por Dashboard Confessional, Seaweed e Basement.

Clipe de ‘Fez’ reúne imagens dos 11 shows realizados em 1 ano

‘Fez’, uma das quatro novas músicas que compõem o segundo EP, Sintomas, foi a escolhida do quarteto paulista de rock alternativo Radical Karma para ganhar movimentos, cores e vibrações em forma de vídeoclipe. Assista a produção aqui:

O vídeoclipe é composto por cenas da Radical Karma ao vivo, captadas durante o primeiro ano de atividade – foram 11 shows realizados neste período, interrompido devido à pandemia.

‘Fez’ é a faixa de abertura de Sintomas. A música tem momentos e atmosferas distintas, é tensa e emocionante ao mesmo tempo. A letra tem uma temática sócio política urgente.

O guitarrista Mateus Brandão fala da concepção deste registro em vídeo. “Reunimos imagens ao vivo de praticamente todos os shows, inclusive de apresentações em que a ‘Fez’ foi tocada, antes mesmo de lançarmos o novo EP”. A direção do clipe é de Mateus.

Além de filmmaker e diretor de fotografia do clipe, Douglas é um nome conhecido na cena punk/hardcore: tocou bateria no final do Fullheart, nos primórdios do Chuva Negra e em alguns outros projetos junto ao Mateus. “Então não foi preciso dizer muito, ele já conseguiu criar um clima foda com o que tinha em mãos e ir na direção que a gente queria”, conta o guitarrista.

A produção também tem inserções das ilustrações que artista Camila Rosa faz pra banda – é a responsável por todas as capas dos lançamentos da Radical Karma. Usa, ainda, imagens da gravação do EP no estúdio Costella e imagens de uma live session na Fenda. “Então foi papo de sair mandando mensagem pra todos amigos que tinham feito registros nossos por aí. Vamos creditar todo mundo no youtube!”, completa Mateus.

Para Gabriel Zander, o vídeoclipe de ‘Fez’ transmite a energia da Radical Karma ao vivo . “Dá para sentir a vibe da apresentação, para que pessoas tenham vontade de nos ver quando for possível retornar aos palcos”.