Coletânea “Emaranhado”, organizada pelo Crush em Hi-Fi, reúne 14 bandas em “parcerias ocultas”

Gosta do trabalho do ZonaPunk?
Então se torne um apoiador e ajude-nos a manter o site ativo: https://apoia.se/zonapunk

O projeto “Emanharado”, idealizado pelo site Crush em Hi-Fi, fez com que muitas bandas e artistas saíssem da sua zona de conforto na hora de criar sua música para o projeto.

No álbum, cada participante enviou uma letra inédita, que foi redistribuída pelo site para outra banda ou artista, sem revelar quem a compôs. O desafio de quem recebia a letra era entender a cadência e musicá-la com sua própria personalidade, criando assim uma “parceria oculta”. O resultando é um Emaranhado de colaborações.

Ouça: https://crushemhifi.bandcamp.com/album/emaranhado

No período de 1 ano e meio, foram recebidas as 14 composições, que então foram redistribuídas aleatoriamente. Esta informação foi guardada a sete chaves e as colaborações estão sendo reveladas para os participantes hoje, junto com você, ouvinte. Neste emaranhado musical, tivemos os seguintes resultados:

  • Pedroluts criou um folk ríspido e cru a partir da letra intrincada de “Truques”, da cantora Geo.
  • YMA desenvolveu uma grandiosa e lânguida interpretação para “No Aquário”, letra de Lau e Eu.
  • Aletrix pegou a letra de “Dia Ornamental”, do Antiprisma, e criou uma ensandecida barulheira com ecos de 90’s.
  • Dum Brothers revelou seu lado oitentista e cheio de synths com a letra de “Power Trio”, de Johnny Jagger.
  • Leo Fazio mostra influência de Grimes e experimenta na letra de “Vini, Vici, Perdidi”, do Thrills & The Chase.
  • Matheus Krempel criou um refrão rocker e chiclete digno de Backyard Babies para “Alguém”, letra da Der Baum.
  • Der Baum deixou emanar o seu B-52’s interior em sua música para a letra de “Nossa Equipe”, de Aletrix.
  • General Sade relembrou o rock BR anos 80 com um pé no blues para a letra de “Tua Boca“, do Tupimasala.
  • Thrills & The Chase criou um rock com ares épicos e ecos setentistas pra letra de “Desdobra”, de Leo Fazio.
  • Antiprisma mostra que tem Sonic Youth no seu folk em “Sonho ou Pesadelo”, letra de Matheus Krempel.
  • Frescobol traz seu oitentismo latente para o meio de campo na letra de “Belle Époque”, do General Sade.
  • Johnny Jagger transforma em algo dançante a melancolia da letra de “Bar, Doce Lar”, de Pedroluts.
  • Lau e Eu inclui influências de trap e R&B em sua versão para a letra de “Love Affair”, da YMA.
  • Tupimasala trouxe um ar de sensualidade e brasilidade eletrônica para a letra de “Aflição”, do Dum Brothers.

“Emaranhado” conta com masterização de Raul Zanardo realizada na Porto Produções Musicais e arte de capa de Fernando Rodrixxx sobre foto de Rodrigo Polo. O disco já está disponível para streaming nas principais plataformas digitais!